Total de visualizações de página

sexta-feira, 27 de março de 2015

DIRETOR DE COMUNICAÇÃO FIGUEIREDO, DIRETOR DE FORMAÇÃO EDSON MORAES E EDVAN PEDEM AUDIÊNCIA PUBLICA NO MUNICÍPIO DE POJUCA AO PRESIDENTE DA CÂMARA 





26/03/15- Os Diretores do Sindacs/ba, pediram Audiência Publica para exigir os recursos dos servidores Agentes de Saúde daquela cidade. O diretor de formação Edson Morais, que tem acompanhado o município, na ultima visita que esteve com os outros diretores, resolveram solicitar ao Presidente da Câmara de Pojuca, o vereador Silas, que puxasse uma audiência porque é muito grave o que o Executivo tem feito com o dinheiro publico da saúde.




Na Audiência Publica, foi convidado o Executivo, a responsável pela pasta da saúde, conselho municipal de saúde, o pároco da cidade(Pe. Claúdio),o presidente da educação da câmara, o presidente da câmara da saúde, onde se fez ausente 3 vereadores. Apos explanação da entidade sindical dos direito negados e do dinheiro publico não utilizado na melhoria da saúde da cidade e do não cumprimento das leis dos direitos dos servidores Agentes de Saúde, foi dada a palavra para gestão que se fez presente na pessoa do advogado que enrolou o tempo toda dando justificativas não solidas e inconsistentes ao convencimento dos presentes, e sem muita propriedade onde notou-se por parte do legislativo o grande desmando que esta a pasta da saúde do município, ao fechamento da audiência se firmou que até o dia 31/03/15, estaria o Executivo enviando algumas resoluções para o Legislativo como o projeto do pagamento do piso de 1.014, dos agentes de endemia como Base o seu salario, mas a viabilização do plano e cargos deste servidores.

terça-feira, 24 de março de 2015

Nova ação do GMOB foca na dengue e febre Chikungunya

Em continuidade aos trabalhos realizados na Mata Escura, o GMOB conquistou mais uma vitória muito importante. “Nós traçamos uma nova estratégia com os professores da escola Maria Constança. Os educadores firmaram o compromisso de realizar ações direcionadas e especificas com a dengue e a Chikungunya. Todos os alunos envolvidos nessas atividades serão beneficiados com pontos qualitativos ao final de cada unidade”, explicou o coordenador do Sindacs, André Melo.
Foto: SINDACS
No Calabetão Téo e Juarez realizaram trabalhos ligados diretamente aos terreiros religiosos de matrizes africanas. Eles fizeram a diferença, sanaram dúvidas e prestaram esclarecimentos aos babalorixás e seus seguidores. “O resultado é a facilitação do acesso dos nossos ACE’s aos terreiros, dessa forma melhorando a confiança e a qualidade dos trabalhos que com certeza terão bons reflexos no próximo Lira”, conclui André.
Foto: SINDACS
Direção do Sindacs

GOVERNO

 APRESENTA

 PROPOSTA DE

 CONSÓRCIOS DE

 SAÚDE



Voltado para a ampliação e descentralização de serviços de saúde e o reequilíbrio financeiro dos municípios, o modelo de consórcios interfederativos – os financiamentos da saúde – foi apresentado na manhã desta sexta-feira (20), pelo governador Rui Costa e pelo secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. Prefeitos de municípios baianos conheceram a proposta durante reunião realizada na sede da UPB, no CAB.
No modelo apresentado, os consórcios serão responsáveis pela gestão regionalizada de serviços, como unidades de pronto atendimento, laboratórios regionais e, eventualmente, o SAMU 192, e hospitais municipais e filantrópicos. A meta é construir 28 policlínicas, com 32 especialidades, e equipamentos, como tomógrafos, ressonância magnética, rastreamento de câncer de mama e vários outros exames. “Nosso objetivo é que as pessoas não precisem viajar 600, 800 quilômetros para chegar à capital e fazer seus exames, mas fazer nas regiões do estado”, disse Rui.
De acordo com o governador, após a discussão com os gestores municipais e a regulamentação dos consórcios, a expectativa é iniciar as obras de dez policlínicas em dez polos regionais, ainda este ano. A proposta é que o Estado seja o responsável pela construção e aquisição dos equipamentos das unidades, além de cofinanciar até 40% da manutenção, enquanto os municípios consorciados irão ratear o restante. O investimento estimado em cada policlínica será de R$ 12 milhões (construção e equipamentos), enquanto a manutenção gira em torno de R$ 700 mil por mês.
O modelo sugerido é semelhante ao sistema bem sucedido implantado no Ceará. Além da maior eficiência no atendimento e qualidade dos serviços de saúde, o rateio dos 60% restantes entre os municípios de cada consórcio na manutenção das unidades vai garantir redução nos custos com o atendimento médico à população.
Secom
Consórcios/apresentação
COORDENADOR DE COMUNICAÇÃO FIGUEIREDO É AMEAÇADO POR SEGURANÇA DO PREFEITO ACM NETO POR COBRAR O PISO NACIONAL PARA A CATEGORIA NA INAUGURAÇÃO DA UNIDADE DE MUSSURUNGA I


24/03/15- O Coordenador de Comunicação Figueiredo, esteve presente na inauguração da reforma da Unidade de Saúde de Mussurunga I às 9:00hs, e lá num ato do direito dado pela Constituição Brasileira que é uma país democrático, fez seu ato de protesto com palavra de ordem, em um cartaz " PREFEITO A POSSE DE NOSSO PISO NACIONAL É IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA"  diante destas palavras de ordem os seguranças da administração de ACM Neto, o ameaçou dizendo que baixasse o cartaz que se não haveria de se haver com eles, e o cercou obrigando a baixar o cartaz. Mais ai fica a grande pergunta: É esse o governo que não é capaz de aceitar o afrontamento pela exercício da DEMOCRACIA ? Será que precisamos sair com a cara PINTADA na capital do Brasil para denunciar esses atos truculentos contra a nossa Democracia?


Onde você não tem mais o direito de exigir o que é seu, e onde alguém de maneira consciente se apropriou do que é seu! mas não pode exigir que devolva. Que país é esse?

domingo, 22 de março de 2015

SINDACS/BA NA LUTA CONTRA A FALTA DE CUMPRIMENTO DO PAGAMENTO DO PISO NACIONAL











NA ULTIMA QUINTA-FEIRA 19 DE MARÇO AS 12:30 HORAS OS COORDENADORES(ALDENILSON, FIGUEIREDO, SÉRGIO, AILTON E EDSON) DO SINDACS/BA E AGENTES DE SAÚDE PROTESTARAM E DIANTE DO PREFEITO ACM NETO NA INAUGURAÇÃO DAS UNIDADES DE SAÚDE DA FAMÍLIA FAZENDA COUTOS I E II. O PROTESTO FOI MARCADO COM PEDIDO DE PALAVRA DE ORDEM "ACM QUEREMOS NOSSO PISO NACIONAL" O PISO NACIONAL É UM DIREITO NOSSO DE LUTA". AINDA NA INAUGURAÇÃO O SECRETARIO DE SAÚDE JOSÉ ANTONIO, APRESENTOU OO NOVO FARDAMENTO QUE SERÁ UTILIZADOS PELOS AGENTES DE SAÚDE QUE FOI UM DOS PONTOS DA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DA CATEGORIA DISCUTIDA PELA COMISSÃO ACE E ACS TIRADA EM UMA ASSEMBLEIA GERAL, E COM A DIRETORIA DA ATENÇÃO BASICA DE SAÚDE (DAS) QUE JÁ TA SENDO  ENTREGUES AOS AGENTES DE SAÚDE. O SINDACS QUESTIONOU AO PREFEITO QUE A LEI 12.994/14 SANCIONADO PELA PRESIDENTE DILMA EM JUNTO DO ANO PASSADO PRECISA SER CUMPRIDA, NÃO HÁ MOTIVO PARA PROTELAÇÃO POIS NÃO HAVERÁ RECURSOS NOVOS OS RECURSOS JÁ EXISTEM NO FUNDO A FUNDO QUE INDEPENDENTEMENTE DO DECRETO BASTA VONTADE POLITICA. PARA A COORDENAÇÃO DO SINDACS O PREFEITO DESCUMPRE  A LEI E AS NEGOCIAÇÕES  COM O SECRETARIO DE SAÚDE JOSÉ ANTONIO TEM AINDA NÃO PROSPERAM. DE ACORDO AO SINDICATO A LEI SE ENCONTRA EM PLENO VIGOR A FALTA DE CUMPRIMENTO DA LEI PELO O PREFEITO E O SECRETARIO É CONSIDERADO APROPRIAÇÃO INDÉBITA UM ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA CONFORME O ART. 3 DA LEI 12.994/14 DETERMINA QUE O DESCUMPRIMENTO DO SEUS DISPOSITIVO DA ENSEJO AO ENQUADRAMENTO, PARA AUTORIDADE RESPONSÁVEL, NOS TERMOS DO CÓDIGO PENAL E DA LEI N° 8.429/92. 












O SINDACS VEM ELABORANDO UMA AÇÃO CONTRA A PREFEITURA DE SALVADOR E A IDEIA E APRESENTA-LA A SEUS ASSOCIADOS AINDA NA ASSEMBLÉIA DO DIA 27 DE MARÇO NO GINÁSIO DOS BANCÁRIOS. SEGUNDO SERGIO PAPA DO JURÍDICO DO SINDICATO ALÉM DA AÇÃO PARA GARANTIR O PAGAMENTO DO PISO EM SALVADOR NÓS VAMOS DEFLAGAR AÇÕES TAMBÉM EM VÁRIOS MUNICÍPIOS DO ESTADO QUE COMPÕE NOSSA BASE E ONDE TEMOS FILIADOS.

quarta-feira, 18 de março de 2015





ATENÇÃO COMPANHEIRO AGENTES DE SAÚDE DE SALVADOR ESTAMOS CONVOCANDO TODOS OS SERVIDORES PARA A ASSEMBLEIA GERAL DIA 27 DE MARÇO AS 9:00 HORAS NA QUADRA DOS BANCÁRIOS NOS AFLITOS. 
PAUTA:
1.INFORMAÇÃO A NÍVEL NACIONAL - COORDENADOR GERAL ROBSON;
2.APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS SALARIAIS;
3.FGTS.
PROPOSTAS CAMPANHA SALARIAL 2015/2016
 ITENS ECONÔMICOS:
1-Piso Nacional;
2-Pagamento da gratificação risco de vida;
3- Aumento do ticket alimentação
4- Pagamento da gratificação PMAQ-AB;
5-Pagamento  adicional pela prestação de serviços extraordinários-art.90
Benefícios sociais:
6- Descentralização do CCZ para os 12 Distritos Sanitários;
7- Melhorias dos pontos de apoio (P.A);
8- Protetor Solar;
9- Exames periódicos;
10- Material de trabalho; crachá, lápis, caneta, caderno, borracha, novas lanternas, etc.
11- Criação do Centro de Referência da Saúde do Trabalhador (ACS e ACE);
Direção do Sindacs


terça-feira, 17 de março de 2015





Reunião com a Comissão da Diretoria de Atenção à Saúde e representantes do Sindacs define mais pontos do fardamento








Reunião fardamento


Na última segunda-feira (16/03), às 9:30h, foi realizada uma reunião com a Comissão da Diretoria de Atenção à Saúde e representantes do Sindacs. O encontro foi marcado para apresentar as amostras de fardamentos já confeccionados para atender aos Agentes Comunitários de Saúde (O Processo Administrativo é o nº 5330/2014, e o pregão eletrônico nº 136/2014). Os representes do Sindseps não compareceram a reunião.

Fardamento

A Comissão e os representantes do Sindacs firmaram alguns pontos nessa reunião, dentre eles, que a distribuição do fardamento já comprado terá início pelo DS Subúrbio Ferroviário, com a participação dos representantes do Sindacs.
“A direção da SMS entregará antecipadamente o fardamento dos ACS da USF Alto de Coutos II e Fazenda Coutos, que serão inauguradas na próxima quinta-feira, dia 19″, explicou o coordenador de Comunicação do Sindacs, Lázaro Figueiredo.
Os presentes decidiram que o modelo da calça feminina deve ser revisto para um corte adequado com gancho feminino, cós alto e corte adequado na região do quadril.
Ainda ficou decidido que será promovida uma campanha de divulgação da imagem dos Agentes de Saúde, com a finalidade de ser apresentada à sociedade o papel desses trabalhadores, como estratégia de prevenção as situações de violência nas áreas de trabalho.
No final da reunião ficou acordada a definição de um segundo momento para discussão dos Fardamentos dos Agentes de Endemias.
Relembre as  reuniões realizadas em 2014
No dia 9 de outubro de 2014 já havia sido realizado um encontro com a mesma finalidade. Na ocasião a Comissão do Sindacs solicitou que a amostra do calçado tipo tênis tivesse reavaliada a espessura/ confortabilidade da palmilha para alcançar 0,04mm, com o material mais macio e com melhorias no conforto do calcanhar.
Também em 2014, no dia 19 de setembro, às 10:30h, a Comissão e a direção do Sindacs esteve reunida e avaliou 3 itens: calça profissional em jean azul índigo (masculino), camisa gola polo e calçado tipo tênis.  A Comissão avaliou a necessidade de aperfeiçoar o calçado, alcochoamento do cabedal e calcanhar, a espessura da palmilha, e a quantidade de material dos ilhós.
Direção do Sindacs



Dia Nacional de Luta

 promovido pela CUT e

 Movimentos Sociais

 mobiliza todo o país


Dia Nacional de Luta

Ato em São Paulo contou

 com mais de 100 mil pessoas

 na avenida Paulista;

 entidades filiadas à

 CNTSS/CUT participam

 ativamente dos atos em seus

 Estados

Escrito por: Assessoria de 

Imprensa CNTSS/CUT

A sexta-feira, 13 de março, pode ser considerada um marco na luta dos trabalhadores de todo o país. As manifestações promovidas pela CUT – Central Única dos Trabalhadores e pelos movimentos sociais tomaram as ruas das principais capitais brasileiras. Em São Paulo, o Dia Nacional de Luta reuniu mais de 100 mil pessoas para uma caminhada que percorreu as avenidas Paulistas e Consolação em direção à Praça da República. Uma tarde chuvosa que jamais será esquecida por quem participou ou presenciou o ato dos trabalhadores.
Com bandeiras de lutas por mais democracia, pelos direitos dos trabalhadores,reforma política e em defesa da Petrobras milhares de trabalhadores e cidadãos brasileiros puderam exercer sua cidadania de forma pacífica e em defesa do país. Um forte recado foi dado àqueles que querem burlar a democracia e que estimulam ações truculentas e de caráter golpista. As entidades filiadas à CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social participaram ativamente dos atos chamados pelas CUTs Estaduais para o Dia Nacional de Luta.
Em entrevista publicada pela CUT Nacional, o presidente da entidade, Vagner Freitas, considerou positiva a manifestação ocorrida na Paulista: “Os movimentos e, em especial, a CUT, demonstraram a capacidade de mobilização, de intervenção na conjuntura e de trazer pessoas para defender os seus direitos. A Central deu o recado de que agora precisa acabar o processo de 3º turno para que a presidenta Dilma possa governar. Mas que governe ouvindo o povo, colocando em prática a agenda que ganhou as eleições. Temos que ter a valorização da negociação e do diálogo no país e o entendimento que o desenvolvimento só virá com melhores condições de vida e emprego para o trabalhador”, afirmou o presidente nacional da CUT.”
O ato político, que teve início às 15 horas, em frente à sede da Petrobras, na avenida Paulista, teve a fala de  várias lideranças sindicais e sociais que fizeram uso do carro de som para defender a empresa e as demais bandeiras de lutas que faziam parte das reivindicações dos trabalhadores. Foi denunciado por todos o papel que empresas e veículos de comunicação nacionais e estrangeiras vem desenvolvendo para enfraquecer a Petrobras com a finalidade de privatizá-la. Hoje são mais 1,5 milhão de empregos que giram em torno da indústria de petróleo.
Na sequencia, foi dado início ao trajeto que passou em frente ao MASP – Museu de Arte de São Paulo, onde os trabalhadores filiados à APEOESP – Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo, que estavam em Assembleia, puderam se unir aos demais participantes da caminhada. Outra categoria que se somou ao ato foi a dos servidores estaduais da Saúde, do Sindsaúde SP – Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo, que também estavam em assembleia em frente a sede Secretaria Estadual de Saúde e foram em passeata até a avenida Paulista. O roteiro puxado por vários carros de som inclui a avenida Consolação até a chegada na Praça da República.
 Um dos maiores desafios dos movimentos sindical e social hoje é defender, de forma unificada e organizada, o projeto de desenvolvimento econômico com distribuição de renda, justiça e inclusão social. É defender uma Nação mais justa para todos.

Defender os Direitos da Classe Trabalhadora

A agenda dos trabalhadores que queremos ver implementada no Brasil é a agenda do desenvolvimento, com geração de emprego e renda. Governo nenhum pode mexer nos direitos da classe trabalhadora. Quem ousou duvidar da nossa capacidade de organização e mobilização já viu do que somos capazes. Defender os trabalhadores é lutar contra medidas de ajuste fiscal que prejudicam a classe trabalhadora. As MPs 664 e 665, que restringem o acesso ao seguro desemprego, ao abono salarial, pensão por morte e auxílio-doença, são ataques a direitos duramente conquistados pela classe trabalhadora. Se o governo quer combater fraudes, deve aprimorar a fiscalização; se quer combater a alta taxa de rotatividade, que taxe as empresas onde os índices de demissão imotivada são mais altos do que as empresas do setor, e que ratifique a Convenção 158 da OIT. Lutaremos também contra o PL 4330, que da maneira como está imposto libera a terceirização ilimitada para as empresas, aumentando o subemprego, reduzindo os salários e colocando em risco a vida dos/as trabalhadores/as.

Defender a Petrobrás

Defender a Petrobrás é defender a empresa que mais investe no Brasil – mais de R$ 300 milhões por dia – e que representa 13% do PIB Nacional. É defender mais emelhores empregos e avanços tecnológicos. É defender uma Nação mais justa e igualitária. Defender a Petrobrás é defender um projeto de desenvolvimento do Brasil, com mais investimentos em saúde, educação, geração de empregos, investimentos em tecnologia e formação profissional. Defender a Petrobrás é defender ativos estratégicos para o Brasil. É defender um patrimônio que pertence a todos os brasileiros e a todas as brasileiras. É defender nosso maior instrumento de implantação de políticas públicas que beneficiam toda a sociedade. Defender a Petrobrás é, também, defender a punição de funcionários de alto escalão envolvidos em atos de corrupção. Exigimos que todos os denunciados sejam investigados e, comprovados os crimes, sejam punidos com os rigores da lei. Tanto os corruptores, como os corruptos. A bandeira contra a corrupção é dos movimentos social e sindical. Nós nunca tivemos medo da verdade. Defender a Petrobrás é não permitir que as empresas nacionais sejam inviabilizadas para dar lugar a empresas estrangeiras. Essas empresas brasileiras detêm tecnologia de ponta empregada na construção das maiores obras no Brasil e no exterior.

Defender a Democracia – Defender Reforma Política

Fomos às ruas para acabar com a ditadura militar e conquistar a redemocratização do País. Democracia pressupõe o direito e o respeito às decisões do povo, em especial, as dos resultados eleitorais. A Constituição deve ser respeitada. Precisamos aperfeiçoar a nossa democracia, valorizando a participação do povo e tirando a influência do poder econômico sobre nosso processo eleitoral. Para combater a corrupção entre dirigentes empresariais e políticos, temos de fazer a Reforma Política e acabar de uma vez por todas com o financiamento empresarial das campanhas eleitorais. A democracia deve representar o Povo. Não cabe às grandes empresas e as corporações aliciar candidatos e políticos para que sirvam como representantes de seus interesses empresariais em detrimento das necessidades do povo. No dia 13 de março vamos mobilizar e organizar nossas bases, garantir a nossa agenda e mostrar a força dos movimentos sindical e social. Só assim conseguiremos colocar o Brasil na rota de crescimento econômico com inclusão social, ampliação de direitos e aprofundamento de nossa democracia. Estamos em alerta, mobilizados e organizados, prontos para ir às ruas de todo o país defender a democracia e os interesses da classe trabalhadora e da sociedade sempre que afrontarem a liberdade e atacarem os direitos dos/as trabalhadores/as. Não aceitaremos retrocesso! 

Grupo Cabula B segue com atividades de visita e conscientização

GMOB
O Grupo Cabula B, em continuidade as atividades mensais de visita e conscientização, chegou  aos moradores de  Areno e Calabetão.  O grupo realizou palestras na sala de espera do Posto de Saúde da Mata Escura e também na Escola Municipal Maria Constância.
GMOB
Direção do Sindacs

sábado, 14 de março de 2015

Agentes Penitenciários e Diretores das Unidades Prisionais do Complexo da Mata Escura serão contemplados com palestra do Gmob CAB/Beiru-B

Os trabalhadores do Distrito do Gmob CAB/Beiru-B continuam as atividades de mobilização social e novas parcerias estão sendo celebradas. Dessa vez o Gmob atuará na Casa de Custódia do Estado.
Foto: SINDACS
Na próxima quinta-feira (19/03) será realizada uma grande palestra para todos osAgentes Penitenciários e Diretores das Unidades Prisionais do Complexo da Mata Escura.
Os mobilizadores vão averiguar as salas de espera e realizarão visitas a pontos críticos. A ação dos trabalhadores consiste também em atividades que sempre são realizadas no dia a dia da equipe,  colagem de cartazes e panfletagem.
Foto: SINDACS
Os ACS do posto da Mata Escura, em função de terem acesso a todo o bairro, agem como facilitadores do programa.
“O GMOB  agradece a todos que fazem esse trabalho acontecer”, disse o membro do Gmob e coordenador do Sindacs,  André Melo.
Direção do Sindacs