Total de visualizações de página

sexta-feira, 31 de outubro de 2014


Rosa Azul inteno

CUT Bahia e sindicatos filiados lançam Campanha Rosa Azul 2014

Escrito por: Ascom CUT-BA

A CUT Bahia e os sindicatos filiados lançam nesta quinta-feira (30), no auditório do Sindae, nos Barris, a segunda edição da Campanha Rosa Azul. Com o tema “Câncer de Mama, Útero e Próstata: Aspectos das políticas institucionais de Atenção Preventiva, Curativa e Social”, a campanha irá promover discussões com os Ministérios da Saúde e do Trabalho, INSS e outros órgãos governamentais sobre a prevenção, atenção e cuidados com os Cânceres de Mama, Útero e Próstata.
A Campanha Rosa Azul integra as Campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul, numa única Campanha de Prevenção e busca avançar e fortalecer as políticas que respeitem o direito à saúde e ao bem estar do cidadão brasileiro.
PROGRAMAÇÃO
14h00 às 14h15 – Mesa de Abertura Campanha Rosa Azul – Edição 2014
14h15 às15h30 – Mesa Redonda: Aspectos Preventivos, Terapêutico e Qualidade de Vida frente aos desafios do Câncer de Mama, Útero e Próstata
Convidados (as):
Dr. Victor José Uchoa de Carvalho – Médico, Saúde Ocupacional, Representante do Serviço de Saúde e Qualidade de Vida do Trabalhador – INSS/GEXSAL
Dra. Karina Estrela – Médica Especialista em Saúde da Mulher
Dra. Ana Rebouças – Gestora do Núcleo Administrativo – Escritório Regional Ministério da Saúde -BA
15h30 às 16h30 – Plenária de Considerações e Abordagens dos(as) participantes sobre o tema apresentado - Mediação: CUT-BA/ SINDAE
16h30h às 17h00 – Lançamento da Campanha Rosa Azul – Prevenção de Câncer de Mama, Útero e Próstata – Edição 2014.


Gestantes

Gestantes da capital começam a receber vacina DTPa na próxima segunda (03)

Profissionais de saúde que atuam em maternidades ou em unidades de terapia intensiva neonatais também receberão a vacina a partir de 15 de novembro
gestante_sifilis
A partir desta segunda-feira (03), os postos de saúde da rede municipal passarão a disponibilizar a vacina tríplice acelular contra difteria, tétano e coqueluche (DTPa) gratuitamente para as gestantesda capital baiana.
De acordo com Doiane Lemos, chefe do Setor de Imunização da Secretaria Municipal da Saúde, atualmente a vacina é oferecida somente para crianças. “Devido ao aumento dos casos de coqueluche, em todo país, em crianças que ainda não completaram o esquema vacinal, o Ministério da Saúde entendeu a necessidade de imunizar as grávidas para que a imunidade seja transferida para o bebê por meio da placenta e amamentação”, explicou.
Serão contemplados ainda com a estratégia, a partir de 15 de novembro, os profissionais de saúde que atuam em maternidades ou em unidades de terapia intensiva neonatais.
A difteria e a coqueluche são doenças contagiosas, que podem ser transmitidas através do contato com pessoas doentes. O tétano, por sua vez, é transmitido através de cortes em objetos contaminados. Todas são doenças provocadas por bactérias e, se não tratadas, podem levar à morte.
Fonte SMS


Semana do Bêbe

















Saúde realiza mutirão de teste do olhinho nesta segunda (03)

Mobilização faz parte das ações da 2ª Semana do Bebê Soteropolitano que acontece de 03 a 08 de novembro nos postos de saúde da capital
A cada um minuto uma criança fica cega no mundo. Essa é a estimativa da Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica, que revela ainda a existência de aproximadamente 25 mil crianças com deficiência visual no Brasil. De acordo com especialistas, cerca de 80% dos casos de cegueira poderiam ser evitados.
E para justamente detectar doenças visuais ainda em fase inicial, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) promove nesta segunda-feira (03), das 08 às 16 horas, um grande mutirão do Teste do Olhinho para crianças de 0 a 3 meses, no Ambulatório Docente Assistencial da Bahiana (ADAB), localizado na Avenida Dom João VI, 275 – Brotas (ao lado do Hospital Evangélico). Para realizar o procedimento, é necessário que o responsável esteja portando a carteira de saúde da criança, bem como, o cartão SUS da mãe.

O exame, apontado por oftalmopediatras como uma técnica simples e rápida, permite o diagnóstico precoce de catarata, glaucoma congênito, opacidades de córnea, tumores intraoculares grandes, inflamações ou hemorragias intravítreas em recém-nascidos antes mesmo que eles recebam alta da maternidade.
O mutirão faz parte das ações da 2ª Semana do Bebê Soteropolitano que acontece entre os dias 03 e 08 de novembro nas unidades de saúde da rede municipal com ações educativas e com rodas de conversa nas salas espera sobre aleitamento materno e alimentação complementar saudável, prevenção de acidentes domésticos e cuidados básicos, além da intensificação do trabalho de sensibilização das gestantes sobre a importância da coleta do teste do pezinho até o sétimo dia de vida do recém nascido.
No dia 06 de novembro, a SMS voltará a promover um mutirão de testes do olhinho, desta vez na Maternidade Albert Sabin, em Cajazeiras. A mobilização conta com o apoio do Instituto de Perinatologia da Bahia - IPERBA.
Fonte SMS

IMPORTANTE

Saúde intensifica ações voltadas à população negra neste mês de novembro

Em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, a Secretaria Municipal da Saúde programou uma série de encontros para debater a formalização e aplicação da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra, integrando as comemorações do “Novembro Negro”.
Entre os dias 03 e 07, das 14 às 17 horas, acontece no auditório Nilza Garcia da Faculdade de Enfermagem da UFBA, no Canela, sessões técnicas sobre Racismo Institucional voltadas para os profissionais da Prefeitura que atuam no enfretamento dessa prática nas diversas áreas do órgão.
Durante os encontros serão abordados temas como mortalidade materna entre a população negra, agravos não transmissíveis e religiões de matrizes africanas como dispositivos de promoção do reconhecimento dos saberes e práticas populares de saúde.
Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE revelam que Salvador é considerada a cidade com maior número de negros no país, com quase 744 mil habitantes, seguida de São Paulo e Rio de Janeiro. Para garantir tratamento igualitário a esse público na capital, a atual gestão incorporou em suas diversas pastas políticas de equidade e não-descriminação, afim de diminuir o impacto das desigualdades sociais de gênero e raça que ainda persistem em nossa sociedade.
Fonte SMS

Saúde atualiza situação do vírus Chikungunya

Até o dia 25 de outubro, o Ministério da Saúde registrou 828 casos de Febre Chikungunya no Brasil, sendo 155 confirmados por critério laboratorial e 673 por critério clínico-epidemiológico. Do total, são 39 casos importados de pessoas que viajaram para países com transmissão da doença, como República Dominicana, Haiti, Venezuela, Ilhas do Caribe e Guiana Francesa.
Os outros 789 foram diagnosticados em pessoas sem registro de viagem internacional para países onde ocorre a transmissão. Destes casos, chamados de autóctones, 330 foram registrados no município de Oiapoque (AP), 371 em Feira de Santana (BA), 82 em Riachão do Jacuípe (BA), dois em Salvador (BA), um em Alagoinhas (BA), um em Cachoeira (BA), um em Amélia Rodrigues/BA e um em Matozinhos (MG).
Caracterizada a transmissão sustentada de Chikungunya em uma determinada área, com a confirmação laboratorial dos primeiros casos, o Ministério da Saúde recomenda que os demais sejam confirmados por critério clínico-epidemiológico, que leva em conta fatores como: sintomas apresentados e o vínculo dele com pessoas que já contraíram a doença.
  • Número de casos importados, por unidade da federação notificadora
Estado de notificaçãoNúmeros
Amazonas1
Amapá1
Ceará4
Distrito Federal2
Goiás1
Maranhão1
Minas Gerais1
Pará1
Paraná2
Rio de Janeiro3
Rio Grande do Sul2
Roraima3
São Paulo17
Brasil39
  • Número de casos autóctones, por unidade da federação
EstadoNúmeros
Amapá330
Bahia458
Minas Gerais1
Brasil789
AÇÕES - Desde que foram confirmados os casos da febre Chikungunya no Caribe, no final de 2013, o Ministério da Saúde elaborou um plano nacional de contingência da doença, que tem como metas a intensificação das atividades de vigilância; a preparação de resposta da rede de saúde; o treinamento de profissionais; a divulgação de medidas às secretarias e a preparação de laboratórios de referência para diagnósticos da doença.
Também foram intensificadas as medidas de prevenção e identificação de casos. Nas regiões com registro da febre, foram constituídas equipes, composta por técnicos das secretarias locais, para orientar a busca ativa de casos suspeitos e emitir alerta às unidades de saúde e às comunidades. Para controle dos mosquitos transmissores da doença, são realizadas ações de bloqueio de casos suspeitos e eliminação de criadouros.
PREVENÇÃO - A febre Chikungunya é uma doença causada por vírus do gênero Alphavirus, transmitida por mosquitos do gênero Aedes, sendo o Aedes Aegypti (transmissor da dengue) e o Aedes Albopictus os principais vetores. Os sintomas  da doença são febre alta, dor muscular e nas articulações, cefaleia e exantema e costumam durar de três a 10 dias. A letalidade da Chikungunya, segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), é rara, sendo menos frequente que nos casos de dengue.
Para evitar a transmissão do vírus, é fundamental que as pessoas reforcem as ações de eliminação dos criadouros dos mosquitos. As medidas são as mesmas para o controle da dengue, ou seja, verificar se a caixa d’ água está bem fechada; não acumular vasilhames no quintal; verificar se as calhas não estão entupidas; e colocar areia nos pratos dos vasos de planta, entre outras iniciativas deste tipo.
DOENÇA NO MUNDO - De acordo com a OMS, desde 2004, o vírus havia sido identificado em 19 países. Porém, a partir do final de 2013, foi registrada transmissão autóctone (dentro do mesmo território) em vários países do Caribe Em março de 2014, na República Dominicana e Haiti, sendo que, até então, só África e Ásia tinham circulação do vírus.
Atualização periódica do número de casos nos demais países do continente americano, onde ocorre transmissão de chikungunya, pode ser obtida por intermédio do endereço eletrônico:
Por Carlos Américo, da Agência Saúde
Atendimento à Imprensa
(61) 3315.3580 – 2577

Campanha de vacinação animal segue nas regiões de Pernambués e Centro Histórico

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), segue nesta quarta (29) e quinta-feira (30), com a campanha de vacinação antirrábica nos distritos sanitários Pernambués e Centro Histórico.
Na luta para a erradicação da doença transmitida através da saliva de animais infectados, a SMS busca cobrir de uma forma integral os 12 distritos sanitários da cidade, com a meta de imunizar 130 mil cães na capital até o dia 7 de novembro.
Até o momento, 10 distritos foram contemplados pela estratégia, quando cerca de 80 mil animais foram protegidos. Na próxima semana será a vez das localidades de Brotas e Barra/Rio Vermelho participarem da mobilização. Desde 2004, Salvador não registra casos de raiva humana.
Fonte: SMS

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

CNTSS/CUT parabeniza trabalhadores pela passagem do Dia do Servidor

Presidente da Confederação, Sandro Cezar, fala sobre a importância da categoria no desenvolvimento econômico e social do país

Escrito por: CNTSS/CUT

Dia do Servidor

A CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social, por meio de seu presidente, Sandro Cezar, parabeniza todos os servidores públicos pela passagem do Dia do Servidor, comemorado na data de hoje, 28 de outubro. Trata-se de uma homenagem merecida a estes trabalhadores e trabalhadoras que cotidianamente exercem suas funções por todo o nosso país. São estes profissionais que protagonizam e executam as políticas públicas voltadas ao atendimento de nossa população.

Nesta última década, o país avançou e conquistou importantes indicadores econômicos e sociais. São resultados importantes para garantia dos direitos cidadãos da população brasileira. Estas conquistas foram conseguidas através de políticas públicas realizadas por meio do trabalho destes agentes técnicos que representam o Estado em todas as suas esferas: federal, estadual e municipal.
A CNTSS/CUT tem o orgulho de representar muitas das categorias profissionais que constituem o serviço publico em nosso país. A Confederação defende que estes trabalhadores devem ser bem remunerados, ter condições adequadas para realização de suas tarefas e receber formação para que desempenhem suas funções dentro dos parâmetros das novas tecnologias existentes no mercado de trabalho.  Estas são algumas das bandeiras de luta destes trabalhadores e que são prioridades da Confederação.
A CNTSS/CUT aproveita esta data para reiterar seus compromissos com estes trabalhadores. Temos um país que olha para o futuro com a certeza de que precisa avançar em novas conquistas econômicas e sociais. E, com certeza, estas metas serão possíveis de serem alcançadas a partir do trabalho dos servidores públicos. Que o dia de hoje também seja compreendido como um momento de lutas e reivindicações. Somos fortes. Somos CUT. Parabéns a todos e todas.
Sandro Cezar é presidente da CNTSS/CUT – Confederação
Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social

Direção do SINDACS parabeniza todos os servidores públicos pelo seu dia !!!


Dia do Servidor Público

II Viver Ação Social- Ser Mulher será realizado nos dias 30 e 31 de outubro

Panfleto
A equipe de Mobilização Social do Distrito Sanitário de Itapuã – Prefeitura de Salvador – e o Salvador Norte Shopping sentem-se honrados em informar que está chegando o II Viver Ação Social – Ser Mulher. Esse evento tem como objetivo aproximar o saber científico e acadêmico da comunidade, bem como ofertar serviços que condizem com algumas das suas necessidades, de modo a instrumentalizá-la para realizar mudanças na sua própria realidade.

ACS e ACE de Feira de Santana visitaram a sede do Sindacs em Salvador

Foto: Sindacs
Na terça-feira (28/10),  a direção do SINDACS recebeu a visita de alguns Agentes  Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias de Feira de Santana.
“Aconteceu um diálogo amigável. É  importante que nós estejamos unidos para fortalecer a luta que é de todos. Nós estamos dispostos a ajudar em casos de necessidade, pois hoje nossa categoria tem avançado muito. Prova disso foi a Lei do Piso Nacional, apesar de alguns municípios ainda não terem cumprido a legislação, o que  será uma questão de tempo para que essa situação seja contornada. Nós precisamos amadurecer, mostrar  para nossa categoria que somos um só, pois a intenção dos gestores é dividir a categoria para enfraquecê-la.  Juntos somos sempre mais fortes.”, explicou 
Direção do Sindacs