Total de visualizações de página

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

SINDACS propõe contraproposta para gestão de Vitória da Conquista


Em assembleia realizada na última segunda feira (27/08), na Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista,  600 filiados compareceram, o que corresponde a 95% da categoria.
Após a apresentação da proposta do governo, por unanimidade foram aprovados os itens 1, 2 e 3 e rejeitado o item 4 da referida proposta (item 4- o compromisso para encaminhar à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei do adicional de insalubridade para os ACS, em substituição a CET, a partir do segundo semestre de 2015). Essa mesma proposta já foi acordada e documentada na campanha salarial de 2014 do Sindacs.
Essa, inclusive, foi a proposta do governo, representado pelo secretário de Governo Edwaldo Alves, para que as paralisações da categoria fossem suspensa há alguns meses, mas, o acordo não foi cumprido pelo gestor.

Na mesma assembleia, em  27 de agosto,  foi criada e votada por unanimidade, pela categoria,  uma contraproposta do SINDACS/BA-VC da seguinte forma:
1- A não retirada da CET, permanecendo no valor fixo de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), até junho/2015, quando passará em definitivo para insalubridade de 20% sobre o salário base vigente;
2- Enviar o projeto de lei do adicional de insalubridade para aprovação na Câmara de Vereadores, ainda neste mês de agosto de 2014;
Já está agendada uma nova reunião com os secretário de Governo municipal para o dia 11 de setembro de 2014.
Também será realizada uma Assembleia Geral Extraordinária da categoria para 15 de setembro de 2014 (horário ainda será definido). Na ocasião há possibilidade de ser definido o  indicativo de greve,  tal fato dependerá da resposta do governo na reunião do dia 11 de setembro.
Direção do SINDACS
OFÍCIO

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

REUNIÃO SOBRE O CONTROLE DA DENGUE

DIVULGAÇÃO

CUT 31 anos- Festa de aniversário de fundação da Central da Bahia será no dia 30 de agosto

“Ao longo de 31 anos fizemos história e construímos um sindicalismo combativo e de luta”, Cedro Silva
31 anos CUT

A comemoração será realizada durante todo o dia e contará com uma programação diversificada; com exibição de um documentário inédito que descreve a memória dos movimentos sociais na Bahia com depoimentos históricos de fundadores, dirigentes, trabalhadores e jornalistas de diversas épocas, companheiros que fizeram parte da luta social na Bahia. Intitulado: “A luz que vem da rua”.
Em seguida, será realizado um ato de lançamento da campanha de sindicalização com a presença de lideranças políticas, sindicais e demais convidados. Haverá também sorteios de brindes e apresentação de shows musicais, que já tem como atração principal o consagrado sambista; Nelson Rufino. “É com prazer que me apresento para CUT pela segunda vez. Vejo a CUT como um referencial dos trabalhadores na Bahia e no Brasil. Será um grande show”, garantiu Rufino.

Confira aqui a programação
10h – Abertura – Lançamento da Campanha de Filiação Sindical
13h – Sambah Violeta
15h- Nelson Rufino
16h – Catadinho do Samba
17h – Encerramento

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Presidente da CUT-BA defende pagamento do piso dos Agentes de Saúde e Endemias de Utinga

Encontro para debater o tema ocorreu na manhã desta segunda (11) entre o presidente da Central, Cedro Silva, o deputado federal, José Carlos Araújo e o prefeito do município

Escrito por: CUT-BA

Em defesa dos Agentes de Saúde e Endemias, trabalhadores que foram contemplados pela presidente Dilma Rousseff com a sanção do piso salarial que a partir de agora está fixado em R$ 1.014,00, o presidente estadual da CUT Bahia, Cedro Silva, se reuniu na manhã desta segunda-feira (11), com o deputado federal José Carlos Araújo e com prefeito de Utinga Alberto Muniz, para tratar da garantia dos direitos dos trabalhadores do município; no que diz respeito ao cumprimento do piso.
Após o encontro, o presidente da CUT, Cedro Silva, garantiu que tanto o deputado quanto o prefeito mostraram-se sensíveis ao pagamento e que buscariam soluções emergenciais junto a Secretaria de Saúde do Município. “Eles me garantiram que seria feito um levantamento para averiguar. Se não existir nenhuma pendência para que seja efetivado o pagamento e, estando tudo sem problemas burocráticos, o pagamento poderá sair na próxima folha”, anunciou.
Para acompanhar de perto a questão; o presidente da CUT estadual requereu um novo encontro a ser realizado na próxima quinta-feira (14), às 10hrs, em Salvador, com o presidente do Sindicato Municipal Berenilton Pereira, para fechar o acordo. “A CUT exerceu o seu papel de defender os interesses dos trabalhadores. Por isso a nossa preocupação com o pagamento do piso. Se é Lei as Prefeituras devem cumprir”, disse em tom categórico.
Cedro Silva pontuou ainda que é o papel da Central fazer valer esse direito conquistado da categoria que levanta as necessidades reais de cada família em campo e leva à rede pública de saúde. “Eles merecem o nosso comprometimento e respeito”, concluiu o presidente CUTista.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

ACS e ACE esbravejaram indignação na 4ª Caminhada do SINDACS-BA

ago. 25


Foto: SINDACS
Na manhã desta segunda-feira (25/08), a Direção Estadual do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Contendores de Doenças Endêmicas Epidemiológicas da Bahia (SINDACS/BA), realizou uma caminhada do Campo Grande até a Praça Municipal do Salvador com o objetivo de cobrar das gestões municipais da Bahia o cumprimento da Lei 12.994/2014, sancionada pela presidente Dilma no dia 17 junho de 2014,  que instituiu um  piso salarial nacional e diretrizes para planos de carreira dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE). A lei estabeleceu que, para uma jornada semanal de 40 horas, os ACS e ACE devem receber um salário de R$ 1.014 mensais.
As prefeituras alegam que não têm condições de pagar o piso, dessa forma os trabalhadores ACS e ACE sentem-se mais uma vez lesados pelas gestões municipais.
A passeata contou com a presença de ACS e ACE da capital baiana e  de alguns municípios da região metropolitana, Simões Filho, Lauro de Freitas, Itaparica, entre outros.
Presidente da CUT, Cedro Silva, participou da caminhada.
O presidente da CUT-BA,  Cedro Silva, compareceu a caminhada e  pontuou que é papel da Central fazer valer esse direito conquistado pela categoria. Segundo ele, esses trabalhadores levantam as necessidades reais de cada família em campo e repassam à rede publica de saúde para que os problemas sejam solucionados.
Cedro criticou a gestão municipal de ACM Neto, pois desde que assumiu a prefeitura o gestor não cumpre o compromisso firmado,  valorizar a categoria. O prefeito também não se pronuncia se vai pagar o piso dos agentes.”Eles merecem nossos comprometimento e respeito”, concluiu.
Os ACS e ACE  fizeram um grande apitaço e deram gritos de ordem: “Agente na rua, prefeito a culpa é sua!” e “com chuva ou com sol, a luta é uma só!”, disseram os trabalhadores indignados.
Na avaliação da coordenação do Sindacs, o evento foi positivo. “Serviu para despertar a atenção da população, da mídia e da gestão em relação aos problemas que os agentes têm enfrentado para garantir os  seus direitos e valorização”, disse o coordenador de comunicação do sindicato, Lázaro Figueiredo.
“Apesar do incidente que ocorreu no trajeto da passeata, quando um grupo de pessoas, que se intitulavam representantes classe da trabalhadora compareceu ao evento do Sindacs, com objetivo de semear a discórdia entre os ACS e ACE” , relatou o coordenador jurídico do sindicato, Sérgio Papa.

Foto: SINDACS
A luta continua
A luta pelo piso continuará o Conselho Municipal de Saúde realizará uma  audiência pública  no Ministério Público Estadual, no próximo dia  5  de setembro,  com o objetivo de discutir acerca do piso nacional em Salvador.
A coordenação do SINDACS realizará o  I Seminário Estadual, no dia 9 de setembro. O evento  terá como tema o   piso salarial nacional, a  forma de repasse e o tempo de aplicação da lei.  Participarão do encontro representantes do Ministério da Saúde, Sesab, Ministério Público, Cosems e UPB.
A direção do Sindacs agradece a participação de todos os ACS e ACE que estiveram na caminhada, e  alerta que a vitória tem que ter a participação de todos, já que  cobrar e fácil, mas participar é importante.
Direção do SINDACS

Coordenadoras do SINDACS participaram do Seminário da Mulher Negra e Empreendedora

Celina representou a direção do SINDACS no evento. 

NA quinta-feira (21/08),  os representantes do SINDACS-BA,  participaram do Seminário da Mulher Negra e Empreendedora, uma iniciativa do SEBRAE. Segundo a Coordenadora do sindicato, Maria Celina, o evento abordou  as diversas dificuldades enfrentadas pelas mulheres negras, como  remuneração, e principalmente a valorização relacionada a essas mulheres.
Maria Aparecida relatou a experiência da mulher negra. 

“Nas estatísticas as mulheres negras são as mais assediadas no ambiente de trabalho. É necessário a implantação de alternativas que respeitem a dignidade do ser humano, mas, que não venha a violar as regras de segurança e saúde das mulheres,”, informou Celina.
A coordenadora do SINDACS, Maria Aparecida,  aproveitou a oportunidade e relatou a experiência da mulher negra enquanto educadora, ACS e militante no movimento negro no subúrbio ferroviário.
Direção do SINDACS
4ª CAMINHADA ESTADUAL PASSEATA DO SINDACS/BA EM PROL DO PISO NACIONAL-2014

























 








































25/08/14- A Direção Estadual do SINDACS/BA, realizou a caminhada cobrando das gestões municipais da Bahia para que se cumpra a Lei 12.994/2014 sancionada no dia 17 junho de 2014, onde prefeituras alegam que não tem condições de pagar o piso, porém os trabalhadores ACS e ACE se sentem mais uma vez lesados pelas gestões municipais, a passeata se deu do Campo Grande a Praça Municipal de Salvador, com presença de alguns municípios da região, com grande apitaço e gritos de ordem: "Agente na rua Prefeito a culpa é sua..." "com chuva ou com sol, a luta é uma só" para  indignação dos trabalhadores.